TJ-BA anuncia ‘pregão’ para contratar táxis que vão transportar juízes e servidores; medida visa reduzir custos

TJ-BA anuncia 'pregão' de transportes para juízes e colaboradores por táxi para reduzir custos — Foto: Alan Oliveira/G1

O Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) publicou aviso de realização de um pregão eletrônico para contratar uma empresa que prestará serviços especializados de intermediação, ou agenciamento, dos serviços de transporte, magistrados e servidores por meio de táxi. O aviso foi publicado nesta segunda-feira (30) no Diário da Justiça Eletrônico.

Segundo o documento, o Núcleo de Licitação vai analisar as propostas a partir de terça-feira (31) e a sessão de disputa de preços está marcada para 14 de setembro. De acordo com o TJ-BA, a empresa escolhida vai prestar o serviço por 12 meses e a contratação está estimada no valor anual de R$ 10,4 milhões.

Na publicação, o Tribunal justifica a contratação do serviço como forma de reduzir custos com transporte que a Corte acumula quando juízes e colaboradores precisam realizar atividades externas, administrativas ou judicantes, no exercício de suas funções.

O TJ-BA explicou que os juízes e colaboradores realizam as atividades externas, administrativas ou judicantes com veículos próprios ou locados, com o fornecimento de combustível, entre outros custos com lavagem e manutenção, por exemplo.

O serviço é feito por motoristas terceirizados, o que, de acordo com TJ-BA, representa alto custo e esforços adicionais para a gestão. (G1)