Trump diz que EUA precisa tomar atitudes após massacres: “Ódio não tem lugar no nosso país”

-Foto: Ebc / Michael Reynolds/ EPA/EFE/ Direitos Reservados
Foto: Ebc / Michael Reynolds/ EPA/EFE/ Direitos Reservados

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, usou as redes sociais para anunciar que o país precisa tomar novas atitudes após o final de semana violento, com 29 mortos em dois massacres no país. Após ter sido criticado por comentar os massacres ao mesmo tempo que promovia uma luta de MMA e lançava críticas a seus adversários políticos, ele afirmou que talvez o país precise fazer mais:

“O ódio não tem lugar no nosso país”, afirmou Trump em pronunciamento, onde afirmou ainda que o governo atual fez mais que anteriores: “Fizemos muito mais do que os outros governos. Fizemos muito, na verdade. Mas talvez precisemos fazer ainda mais”, ressaltou.

Já nas redes sociais Trump afirmou que as vidas das vítimas não podem ter sido ceifadas em vão:

“Não podemos deixar que as vítimas em El Paso, Texas e Dayton, Ohio, morram em vão. Da mesma forma para aqueles tão seriamente feridos. Nós nunca podemos esquecê-los, e aqueles muitos que vieram antes deles. Republicanos e democratas devem se unir e obter fortes verificações de antecedentes, talvez se casando desta legislação com a reforma da imigração desesperadamente necessária. Devemos ter algo bom, se não ótimo, sair desses dois eventos trágicos!”, continuou Trump.

Ele finalizou ainda atribuindo parte da culpa dos massacres à imprensa, que, segundo ele, dissemina notícias falsas que causam raiva:

“A mídia tem uma grande responsabilidade para com a vida e a segurança em nosso país. A Fake News contribuiu muito para a raiva e a raiva acumuladas ao longo de muitos anos. Cobertura de notícias tem que começar a ser justa, equilibrada e imparcial, ou esses problemas terríveis só vão piorar!”. (Varela)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui