Trump retira EUA de tratado sobre armas convencionais

-Foto: SCOTT OLSON / AFP
Foto: SCOTT OLSON / AFP

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou nesta sexta-feira (26) a retirada do país do Tratado de Comércio de Armas Convencionais (ATT, na sigla em inglês), já ratificado por 101 nações e que regulamenta a compra e venda desse tipo de armamento. O decreto foi assinado pelo republicano durante a convenção anual da Associação Nacional do Rifle (NRA), principal lobista pró-armas dos EUA. “Não se toca na segunda emenda da Constituição. Quando as armas estão fora da lei, apenas os fora-da-lei têm armas”, disse Trump. A medida, que já se insere em sua campanha para as eleições de 2020, não deve ter efeitos práticos, uma vez que os Estados Unidos não tinham ratificado o tratado, que era apoiado por Barack Obama. O ATT já vigora em 101 países e estabelece regras para o comércio de armas convencionais, de pistolas a tanques de guerra. O objetivo é combater as vendas ilícitas e evitar que tais armamentos sejam usados para fins de terrorismo, genocídio e crime organizado ou em violações de direitos humanos. (ANSA) (Isto é)

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui