UFBA atinge sua maior pontuação no Índice Geral de Cursos

Foto : Dário Guimarães/Metropress
Foto : Dário Guimarães/Metropress

A Universidade Federal da Bahia (UFBA) alcançou seu melhor resultado no Índice Geral de Cursos (IGC): 3,84 pontos. O indicador, divulgado na última sexta-feira (23), pertence ao Ministério da Educação (MEC) e avalia a qualidade dos cursos de graduação e de pós-graduação das instituições de educação superior brasileiras.

Considerando as últimas 11 avaliações (desde 2009), a universidade deu um salto de 20%, de 3,19 (menor pontuação da série histórica iniciada em 2007) para os atuais 3,84. Em nota divulgada pela UFBA, o pró-reitor de Ensino de Graduação, Penildon Silva Filho, afirma que o crescimento do IGC indica “o processo de democratização do acesso na universidade, através das cotas e da criação dos cursos noturnos, acompanhado pela melhoria constante de nossa qualidade, de acordo com os critérios estabelecidos pelo MEC e pelo Inep”.

Atualizado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), ligado ao MEC, o IGC é calculado anualmente e leva em consideração a média obtida pelos cursos de graduação avaliados no último triênio, ponderada pela quantidade de estudantes; a média dos conceitos de avaliação dos programas de pós-graduação atribuídos pela Capes na última avaliação quadrienal, também em relação à quantidade de estudantes; e a distribuição dos estudantes entre os diferentes níveis de ensino, graduação ou pós-graduação. (Fonte: Metro 1)