Vitória chega a 40,7% de risco de rebaixamento para a Série C

A situação do Vitória na Série B fica mais complicada a cada rodada. O time rubro-negro perdeu por 4 a 0 para o América-MG, no último sábado (9), no Independência, em Belo Horizonte (MG), e viu seu risco de rebaixamento aumentar para 40,7%. É o que diz o levantamento realizado pelo Departamento de Matemática da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). O estudo foi conduzido pelos matemáticos Bernardo Nunes, Gilcione Nonato Costa, Fábio Enrique Brochero Martinez, Renato Vidal Martins e Marcelo Terra Cunha. Antes da 33ª jornada, o Leão aparecia com 31,6%.

Duas equipes já estão virtualmente rebaixadas: Oeste e Botafogo-SP, que aparecem com 99,9% e 97,7%, respectivamente. Na sequência, vem o Paraná (85,2%), acompanhado pelo Figueirense (56,1%), Vitória (40,7%) e Náutico (19,1%).

O levantamento tem como base o mando de campo dos jogos e o retrospecto das equipes no certame, bem como a dificuldade dos confrontos em função dos adversários.

Com 37 pontos, o Vitória ocupa a 16ª posição na tabela de classificação da Série B. O próximo jogo do Leão é contra o Avaí, quarta-feira (13), às 19h, na Ressacada, pela 34ª rodada.

RISCO DE REBAIXAMENTO PARA A SÉRIE C
1º OESTE 99.99%
2º BOTAFOGO-SP 97.3%
3º PARANÁ 85.2%
4º FIGUEIRENSE 56,1%
5º VITÓRIA 40,7%
6º NÁUTICO 19,1%.

(BN)