Amélia Rodrigues: MP acusa ex-prefeito de causar prejuízos de quase R$ 2 mi ao município

0
114
-
Foto: Reprodução / Jornal Grande Bahia

O ex-prefeito de Amélia Rodrigues, Antônio Carlos Paim Cardoso, foi denunciado pelo Ministério Público estadual (MP-BA) por improbidade administrativa com prejuízos aos cofres municipais e enriquecimento ilícito.

Conforme a ação ajuizada pelo promotor de Justiça Marcel Bittencourt, o ex-gestor determinou despesas não autorizadas por lei e utilizou recursos públicos em “proveito próprio ou alheio”.

- Anúncio -

O promotor solicitou a indisponibilidade dos bens do acusado e o ressarcimento de R$ 1.995.428,49 como reparação aos danos causados aos cofres municipais, além da suspensão dos direitos políticos e outras sanções previstas em lei.

Segundo o MP-BA, o ex-prefeito ordenou, nos dois últimos quadrimestres de 2011, último ano do seu primeiro mandato, despesas de aproximadamente R$ 1,42 milhão quando a disponibilidade financeira no caixa era de pouco mais de R$ 626 mil.

Ainda de acordo com a ação, o ex-gestor não comprovou ao Tribunal de Contas dos Municípios (TCM-BA) as despesas referentes aos pagamentos realizados em 2011 e um total de r$ 1.995.428,49. (Bahia Noticias)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui