Após entrevista de Morão ao Voz da Bahia, Câmara de SAJ sinaliza voto aberto para eleições da nova Mesa Diretora

Foto: Reprodução

Após o vereador eleito de Santo Antônio de Jesus, Edivan de Jesus Santos, o Morão (MDB) denunciar em entrevista no programa Meio-Dia e Meia, na Live do Voz da Bahia que está sendo perseguido e procurado por pessoas querendo comprar seu voto para a escolha da nova presidência da Câmara de Santo Antônio de Jesus em 2021 (saiba mais aqui); a Comissão de Legislação, Justiça e Redação Final se reuniu e apresentou uma proposta para que as votações da eleição das comissões permanentes e Mesa Diretora da Câmara de Vereadores, não seja mais secreta e sim voto aberto.

Essa decisão da Comissão foi devido a denúncia do vereador eleito Morão, o projeto de resolução foi apresentado e assinado pelos vereadores durante a sessão na Câmara desta segunda-feira (30/11). Este foi subscrito pela comissão e 10 vereadores, sendo que os únicos que não participaram da subscrição foram os edis: Francisco Damasceno, o Chico de Dega (DEM) e Marcos Muniz, Chispita (DEM).

Para a presidência da Comissão de Legislação, Justiça e Redação Final, assinada pelo vereador Dr. Daniel Almeida de Lima, essa resolução visa mais transparência e evitar que a imagem da Câmara de Vereadores seja maculada, “Congresso Nacional promulgou a Emenda Constitucional nº 76 pondo fim ao voto secreto nos processos de perda de mandato e apreciação de vetos, sendo que já tramitam outras propostas de emenda à Constituição para abolir a votação secreta em todas as votações do Poder Legislativo, inclusive nas eleições da Mesa do Congresso, como se verifica da PEC O l /2019. Pertinente valer-se das palavras do ex-presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, ao aprovar o voto aberto para cassações de mandatos e para a análise de vetos presidenciais: Não há mais espaço na política brasileira para o obscurantismo das decisões envergonhadas e escondidas. Quem quer realmente representar o nosso povo tem que se abrir a esta sociedade mais alerta aos fatos políticos, que cobra melhores serviços públicos, mais educação, mais cultura, e um meio ambiente mais saudável. Que cada um assuma as suas posições legítimas e busque a cada eleição o reconhecimento popular“.

VEJA O PROJETO DA CÂMARA PARA VOTO ABERTO: CLIQUE AQUI!

Reportagem: Voz da Bahia