Baiana é assassinada em Santa Catarina e companheiro é o principal suspeito

Foto: Reprodução Facebook

Uma empresária baiana que foi morar há nove meses na cidade de Barra Velha, em Santa Catarina, foi assassinada no último sábado (16). Andreia Bahia Barco, 47 anos, foi sepultada nesta quarta-feira (20) no cemitério Bosque da Paz, em Salvador.

O principal suspeito do crime é o companheiro dela, Marcelo Schneider, 41. Ele foi preso pela PM de Santa Catrina horas após a morte de Andreia, vítima de estrangulamento. Segundo o site NDmais, a PM informou que Marcelo chegou a dar uma versão sobre um suposto suspeito que teria sido flagrado por ele, nos fundos da residência, estrangulando a mulher.

Marcelo alegou que ao ouvir os gritos, viu o homem e partiu pra cima dele, sendo agredido com golpes de facão. O suspeito, segundo a versão do companheiro da vítima, teria conseguido fugir.

Ainda segundo a polícia, quando Marcelo fez o cadastro dele como testemunha, os policiais verificaram que ele tinha um mandado de prisão ativo e, com isso, foi preso, encaminhado à Delegacia de Polícia e, depois, à UPA (Unidade Prisional Avançada) de Barra Velha. A Polícia Civil agora investiga o caso.

Segundo amigos próximos, Andreia foi casada por 30 anos. Há aproximadamente nove meses, ela foi morar em Santa Catarina depois de conhecer Marcelo em Salvador. Ela deixa uma filha adotiva de 20 anos. (Fonte: Metro1)