Bolsonaro defende trabalho forçado para presos

-
Foto: José Cruz/Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro defendeu hoje (31), o trabalho forçado para preso no Brasil. A Constituição proíbe tal penalidade, mas disse que é seu “sonho” a existência de presídios agrícolas no país.

“Eu sonho com um presídio agrícola. É cláusula pétrea, mas eu gostaria que tivesse trabalho forçado no Brasil para esse tipo de gente, mas não pode forçar a barra. Ninguém quer maltratar presos nem quer que sejam mortos, mas é o habitat deles, né?”, disse o presidente.

Ele também afirmou que os quatro presos que estariam envolvidos no massacre de Altamira (PA) e que foram mortos na noite desta terça-feira por sufocamento dentro do caminhão-cela que os transferia para unidades de Belém (PA) morreram porque “com toda certeza, deviam estar feridos”. “Problemas acontecem”, concluiu. (Metro1)