Júri popular condena Pintor que matou uma mãe e filha a tiros em S. A. de Jesus em 2016

Duplo homicídio ocorreu no bairro Alto do Sobradinho

O homem conhecido como Edson Pintor, acusado de matar a ex-esposa e sua filha, além de balear sua cunhada no bairro Alto Sobradinho em Santo Antônio de Jesus no ano de 2016 (relembre aqui). Em julgamento realizado pelo Tribunal do Júri da Comarca do Fórum Wilde Oliveira Lima, Edson foi condenado a penas que somadas chegam a 98 anos pelo duplo homicídio cometido.

Em entrevista a Andaiá FM, o pai de uma das vítimas falou que cobrou justiça, “gostaria que o juiz deixasse ele muito tempo no presídio para ir pagando o que ele deve”, falou. Outra familiar afirmou que a cunhada baleada ficou com sequelas, “tirou duas vidas e deixou a cunhada praticamente deficiente, matou mãe e filha que não tiveram chance de se defender. Esperamos que a justiça seja feita. Agradecemos aos policiais que foram rápidos e não deixou que ele fugisse”, declarou.

RELEMBRE O CASO:

Uma mulher de 54 anos e sua filha de 24, identificadas respectivamente como Ana Lúcia Ribeiro Santos e Sabrina Ribeiro, foram mortas a tiros, na manhã de sábado (no dia 30 de abril de 2016), há 5 anos, na cidade de Santo Antônio de Jesus, localizada a cerca de 190 quilômetros de Salvador.

Redação: Voz da Bahia