Últimas Notícias sobre BRASIL

Foto: Fernanda Frazão / Agência Brasil

Os consumidores de energia elétrica vão ter aumentos menores nas contas de luz. O presidente Jair Bolsonaro sancionou, sem vetos, a Lei 14.385, publicada nesta terça (28) no Diário Oficial da União.

Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

O registro de mortes violentas intencionais, no ano passado, caiu 6,5% em todo o Brasil, apontou nesta terça-feira (28) o Anuário Brasileiro de Segurança Pública, documento divulgado pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública. 

Do início do governo do presidente Jair Bolsonaro (PL) até 1º de junho deste ano, 673.818 pessoas tinham certificado de registro de armas de fogo, um crescimento de 474%. O número é referente a pessoas com registro de atividades de caçador, atirador desportivo e colecionador (CAC).

O Fórum Brasileiro de Segurança Pública divulgou nesta terça-feira (28), que o país registrou 47.503 homicídios ao longo do último ano, cerca de 130 mortes por dia. As informações são do Estadão.

A Petrobras anunciou nesta terça-feira (28) que Caio Mário Paes de Andrade tomou posse como conselheiro de Administração e presidente-executivo da empresa, na sede da companhia, no Rio de Janeiro.

Relator do novo código eleitoral no Senado, Alexandre Silveira (PSD-MG) estuda rejeitar proposta aprovada na Câmara que estabelece censura à publicação de pesquisas eleitorais, além da exigência de uma taxa de acerto para os institutos.

O Índice de Confiança do Empresário do Comércio (Icec) de junho alcançou 122,4 pontos este mês, atingindo o nível mais alto desde março de 2020 (128,4), mês em que teve início a pandemia de Covid-19.

O Brasil registrou em 2021 uma queda na letalidade policial pela primeira vez desde 2013, mostra levantamento do 16º anuário do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, divulgado nesta terça-feira (28). De acordo com os dados, foram 6.145 pessoas mortas no ano passado por intervenções de policiais civis e militares da ativa, em serviço ou fora dele.

© Fabio Rodrigues-Pozzebom/ Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro entregou as primeiras carteiras de identidade nacional (CIN) com registro único nesta segunda-feira (27), durante evento no Palácio do Planalto. O novo modelo já havia sido anunciado em fevereiro deste ano e usará o Cadastro Nacional de Pessoa Física (CPF) como número de identificação.

Dados do Ministério da Saúde indicam que o Brasil já registrou, nos primeiros seis meses de 2022, mais que o dobro de mortes por dengue do que em todo o ano passado. De janeiro a 20 de junho deste ano foram 585 óbitos, enquanto nos 12 meses de 2021 foram 246, um aumento de mais de 130%.

Close