Com metralhadora na mão, Roberto Jefferson pede para Bolsonaro demitir ministros do STF

-
Foto: Reprodução/ Twitter

Novo aliado do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), o ex-deputado federal  e mandatário do PTB, Roberto Jefferson, sugeriu que o presidente Jair Bolsonaro “demita” ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e casse concessões do grupo Globo.

“Bolsonaro, para atender o povo e tomar as rédeas do governo, precisa de duas atitudes inadiáveis: demitir e substituir os 11 ministros do STF, herança maldita. Precisa cassar, agora, todas as concessões de rádio e TV das empresas concessionárias Globo. Se não fizer, cai”, disse por meio do Twitter.

Na postagem em que ostenta a arma, Roberto Jefferson escreveu:  “Estou me preparando para combater o bom combate. Contra o comunismo, contra a ditadura, contra a tirania, contra os traidores, contra os vendilhões da Pátria. Brasil acima de tudo. Deus acima de todos”.

Roberto Jefferson foi condenado pelo STF em 2012 a sete anos de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. A pena começou a ser cumprida em 2014. Em março de 2016, o relator dos processos do mensalão no STF, ministro Luís Roberto Barroso, concedeu indulto a seis condenados, entre eles Jefferson. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui