Coordenador da Lava Jato na PGR pede demissão

0
33
-
Foto: Valter Campanato / Agência Brasil

O procurador José Alfredo de Paula Silva, responsável por coordenar o grupo de trabalho da Operação Lava Jato na Procuradoria-Geral da República (PGR), pediu demissão do cargo. Em ofício protocolado na última sexta-feira (12), ele disse que a decisão foi motivada por questões pessoais.

Segundo informações da Folha de S. Paulo, Silva ocupava o posto desde setembro de 2017 quando Raquel Dodge assumiu o cargo de procuradora-geral da instituição. Com isso, a saída dele era esperada para o próximo mês de setembro, quando se encerra o mandato dela. Essa antecipação gerou surpresa nos colegas, segundo informações da Folha de S. Paulo.

- Anúncio -

Já o jornal O Globo atribui a decisão de Silva a um descontentamento com Dodge por conta do ritmo lento em que as investigações vêm sendo conduzidas. Um dos casos que têm gerado críticas a ela, por exemplo, é a demora em enviar a delação do empreiteiro Léo Pinheiro para o Supremo Tribunal Federal (STF). O ex-presidente da OAS citou autoridades do Judiciário e do Legislativo em sua delação, mas esses relatos só podem ser utilizados após a homologação do acordo por parte da Corte

Além disso, o Globo diz que Silva se irritou com a tentativa de Dodge de ser reconduzida ao cargo de chefe do Ministério Público Federal (MPF), mesmo sem ter se candidatado à lista tríplice. (Bahia Notícias)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui