De virada, Vitória perde para o Avaí na estreia de Eduardo Barroca

-
Valdívia marcou os dois gols do Avaí no triunfo por 2x1 contra o Vitória (Tiago Caldas/ Correio)

O Vitória perdeu para o Avaí por 2 a 1 na tarde deste sábado (10) no Barradão, em jogo válido pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Leão, que contou com a estreia do técnico Eduardo Barroca, saiu na frente com João Victor, mas o time catarinense conseguiu dois gols de pênalti com Valdívia. Com o resultado, o Rubro-negro permanece com 18 pontos e caiu para o 11º lugar. A equipe só volta a jogar no próximo sábado (27), contra a Chapecoense, na Arena Condá.  

O JOGO

Dono da casa, o Vitória buscou a primeira tentativa no jogo. Aos dois minutos, Ewandro finalizou de fora da área, mas a bola passou por cima. 

João Victor coloca o Leão na frente

O Vitória abriu o placar logo aos quatro minutos. Após cobrança venenosa de Thiago Carleto, Fernando Neto desviou, Wallace escorou em dividida com o zagueiro do Avaí e João Victor empurrou de cabeça para dentro da casinha.

De pênalti, Valdívia empata

Não demorou e o Avaí buscou a reação no primeiro tempo. Aos oito minutos, a finalização de Pedro Castro pegou na mão de Wallace e o juiz acusou o pênalti. Valdívia bateu no canto direito e deslocou Ronaldo.

Mais um pênalti e Valdívia vira

O Vitória sofreu com mais uma penalidade máxima aos 16 minutos, quando Getúlio cruzou na área e a bola bateu no braço de Guilherme Rend. Na cobrança, Valdívia inverteu para o lado esquerdo, Ronaldo foi na bola, mas não conseguiu defender.

Atrás do placar, o Vitória tomou conta da posse de bola e quase empatou aos 42 minutos. Após cruzamento de Tiago Carleto, Léo Ceará cabeceou e a bola passou raspando.

Antes do juiz encerrar a primeira etapa, o Leão teve mais uma boa chance. De fora da área, Fernando Neto bateu forte e o goleiro Lucas Frigeri espalmou.

Segundo tempo

O Vitória voltou para o segundo tempo pressionado o adversário. Logo no início, aos quatro minutos, Carleto bateu uma falta forte para rebatida do goleiro Lucas Frigeri. Aos 17, Carleto mandou uma bomba e mais uma vez o goleiro do Avaí espalmou.

Aos 26, Carleto bateu falta na área, Junior Viçosa cabeceou e João Victor tirou a bola do caminho do gol.

Com o objetivo de dar mais força ofensiva, o novo técnico Eduardo Barroca promoveu mudanças e uma delas criou uma boa chance aos 33. Mateusinho aproveiou lançamento e bateu de primeira, mas a bola foi pela rede externa. 

Sem forças para criar mais oportunidades, o Leão tentou na base dos escanteios, mas viu a defesa do Avaí levar a melhor nas bolas altas.
 

FICHA TÉCNICA
Vitória 1 x 2 Avaí
Série B – 15ª rodada

Local: Barradão, em Salvador (BA)
Data: 10/10/2020 (sábado)
Horário: 16h
Árbitro: Marcos Mateus Pereira (MS-CBF)
Assistentes: Leandro dos Santos Ruberdo (MS-CBF) e Sérgio Alexandre da Silva (MS-CBF)
Quarto árbitro: Josué Reis de Jesus Júnior(BA-CBF)
Analista de campo: Jailson Macêdo de Freitas  (BA-CBF)

Cartões amarelos: Thiago Carleto e Alisson Farias (Vitória) / Lucas Frigeri (Avaí)

Cartões vermelhos:

Gols: João Victor (Vitória) / Valdívia (duas vezes) (Avaí)

Vitória: Ronaldo; Jonathan Bocão, João Victor, Wallace e Thiago Carleto. Guilherme Rend (Juninho Quixadá), Fernando Neto e Marcelinho (Vico); Ewandro (Junior Viçosa), Léo Ceará e Alisson Farias (Mateusinho). Técnico: Eduardo Barroca.

Avaí. Lucas Frigeri; Iury, Rafael Pereira (Betão), Alan Costa e João Lucas (Lucas Silva); Ralf, Jean Martim, Pedro Castro e Valdívia (Leandrinho); Getúlio (Rômulo) e Gastón Rodriguez (Ronaldo Silva). Técnico: Geninho.