Deputado sugere ao Porta fazer um filme com ministros do STF gays e viciados em cocaína

-
Foto: Divulgação

O deputado federal Bibo Nunes (PSL-RS) usou sua conta em uma rede social nesta sexta-feira (10), para criticar a decisão do presidente do Supremo tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, a favor da queda da censura contra o especial de fim de ano do Porta dos Fundos exibido pela Netflix.

Na esquete, o grupo insinua que Jesus Cristo teria tido uma experiência homossexual durante o período que passara no deserto.

“Eu quero saber se for produzido um filme pela produtora Porta dos Fundos, mostrando o presidente do STF como gay e os outros ministros como viciados em cocaína, se vão aceitar como cultura?”, questionou o deputado.

No fim da postagem, Bibo ainda sugere: “façam esse filme”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui