Dia da Santa Dulce dos Pobres é celebrado com missa em Salvador

-
Foto: Arisson Marinho/CORREIO

Foi com muita fé e distanciamento social que Salvador viveu a principal mssa do dia de Santa Dulce dos Pobres, a primeira e, até então, única santa católica nascida no Brasil. Dentro do Santuário Santa Dulce dos Pobres, no bairro de Roma, cerca de 100 pessoas estavam presentes na celebração, que se iniciou às 9h. Todos usavam máscaras. Puderam participar religiosos, funcionários das Obras Sociais Irmã Dulce (Osid), voluntários e devotos. A celebração foi conduzida pelo novo arcebispo de Salvador, o cardeal Dom Sergio da Rocha.

Do lado de fora, dezenas de fieis passaram pelo local ou até permaneceram na prota de entrada da igreja. No momento da comunhão da Missa de Santa Dulce dos Pobres, que aconteceu nessa quinta-feira (13), o padre levou a Eucaristia para as pessoas que participaram da missa do lado de fora do Santuário.

Para quem recebeu, foi um momento de muita alegria. “Eu estendi a mão na esperança de que ele viesse e ele veio. Eu estou muito feliz. Queria participar da missa aqui dentro, mas não pude por causa da capacidade”, disse a devota Sueli Carvalho, 64 anos. Dentro do Santuário, cerca de 100 pessoas em pé e sentadas participam da missa. O local tem capacidade para receber 1,5 mil pessoas apenas sentadas. (Correios)