Disputa em Feira é motivo velado das trocas de farpas entre Targino e Robinson na AL-BA

-
Fotos: Bahia Notícias e Divulgação

A presença eleitoral na cidade de Feira de Santana parece ser a verdadeira razão de um homérico embate entre os deputados Targino Machado (DEM) e Robinson Almeida (PT), nesta segunda-feira (27). Há aproximadamente duas semanas, Targino ventilou a possibilidade de deixar a liderança da bancada de oposição para disputar a prefeitura de Feira. Robinson, por outro lado, ampliou sua margem de votos naquela cidade nas eleições de 2018 após alinhamento político com o deputado federal e também pré-candidato a prefeito na Princesa do Sertão, Zé Neto (PT). 

Iniciada por divergências de posicionamentos em relação aos assuntos do dia na Casa Legislativa, ou seja, a PEC 159 como é apelidada a reforma da Previdência, que pode ser votada nesta terça (28), e o projeto que autoriza a venda do terreno do Colégio Odorico Tavares e tem votação prevista para esta segunda, a discussão mudou de direção e chegou às ofensas pessoais. 

Ao responder as críticas do líder da oposição, que incitou uma chacota pelos outdoors espalhados no estado, evidenciando sua contrariedade à reforma proposta pelo governo Bolsonaro, Robinson atacou o colega naquilo que, momentaneamente, lhe parece frágil, que é a dificuldade de construir unidade na bancada de oposição, sobretudo, diante das propostas apreciadas na convocação extraordinária.

De volta à Tribuna, Targino caracterizou  a “vida” do petista como “biruta que gira ao sabor do vento” e prometeu acabar com a “mamata de Robinson em Feira de Santana”. (Bahia Notícias)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui