Em novo ataque à imprensa, Bolsonaro diz que não chegou à presidência para perder para urubus

-
Foto : Marcos Corrêa/PR

O presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou hoje (3) que não chegou à presidência da República “para perder para esses urubus aí”, ao se referir ao grupo de repórteres que diariamente fica na saída do Palácio da Alvorada.

Bolsonaro deu a declaração ao responder a uma apoiadora, que disse a ele que “Deus é o senhor do tempo” e que o melhor da vida do presidente ainda está por vir. “Eu não cheguei aqui… pelo milagre da facada, e a eleição também, para perder para esse urubus aí”, respondeu o presidente. 

Ele ainda pediu que seus simpatizantes se juntassem mais próximos da portaria do Alvorada, para que ficassem longe dos jornalistas.

Em falas dirigidas aos apoiadores, ele também fez mais críticas às ações de isolamento social com a alegação de que causaria prejuízos socioeconômicos. As medidas de contenção tomadas por governadores e prefeitos são feitas com base em orientações de autoridades sanitárias de todo o mundo, para conter o avanço do coronavírus. Especialistas em economia também apontam que as restrições são necessárias neste momento para evitar que a recessão seja maior.

“Vocês sabem do meu posicionamento: não pode fechar dessa maneira, e atrás disso vem desemprego em massa, miséria, fome, vem violência”, declarou Bolsonaro. (Metro1)