Em uma semana, África registra aumento de 60% de mortes por COVID-19, diz OMS

-
(Foto: Reprodução)

O continente africano registou um aumento de 60% em mortes causadas pelo novo coronavírus dentro de um período de uma semana. Apenas dois países não tiveram casos confirmados: Lesoto e Comores. A notícia foi divulgada durante uma conferência nesta quinta-feira (16).

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS) na África, houve um aumento de 51% dos casos nos últimos dias. De acordo com a diretora regional da OMS do continente, Matshidiso Moeti, mais de 17 mil casos já foram confirmados e que o número de mortos ultrapassa 850. 

“As conseqüências humanitárias e econômicas dessa pandemia serão profundas na África e precisamos de solidariedade e ação coletiva para mitigar os impactos”, afirmou.

A África do Sul lidera com maior número de casos (mais de 2 mil). No entanto, a Argélia concentra 37.5% de todas as mortes no continente. O norte da África é a região que mais apresenta novos casos e óbitos. 

Ainda durante a conferência, Moeti informou que o governo da Etiópia vai iniciar os “voos de solidariedade” para entregar equipamento de proteção e alimentos para os países africanos. (Varela)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui