“Estamos com ausências pontuais”; diz secretário de saúde sobre falta de medicamentos em S. A. de Jesus

-Foto: Voz da Bahia
Secretário de Saúde de Santo Antônio de Jesus, Leandro Lobo / Foto: Voz da Bahia

Os moradores de alguns bairros de Santo Antonio de Jesus que precisam dos medicamentos distribuídos pela rede pública do município estão enfrentando dificuldades para encontrá-los. Com o desabastecimento em alguns PSF’s (Programa de Saúde da Família), muitas pessoas têm desembolsado o valor do próprio bolso para não ficar sem medicações. Moradores no município vêm procurando os meios de comunicação para relatar esse problema. Em entrevista ao repórter Reginaldo Silva, o secretário de saúde do município, Dr. Leandro Lobo pontuou que existe um eventual escape desses medicamentos.

“Estamos com algumas ausências pontuais, mas nada que seja gritante”, diz. Ainda sobre essa ausência de medicamentos, o secretario afirma que será feito um novo pregão eletrônico para colocar mais itens de medicamentos dentro de Santo Antonio de Jesus, “já autorizei um novo lance para 60 dias de sobra de fornecimento de medicamentos. Uns dos instrumentos de saúde que mais sofrem são as unidades dos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS), por se tratar de remédios mais caros, por isso tomamos um cuidado mais especial para não faltar. Alguns itens, por exemplo, nós identificamos que não é a falta da substancia; o remédio passado pelo médico é de 500 mg, mas o fornecedor passou para a gente o de 250 mg, então nós orientamos o paciente a tomar duas cápsulas que equivale a mesma quantidade”, explica.

Sobre as fraldas geriátricas, Dr Leandro afirma que foi feito um novo processo licitatório no qual já foi homologado para a distribuição desse material, “já vamos fazer novos pedidos, porque nós temos cadastrados um quantitativo grande de pacientes que necessitam desse material”, revelou.

Redação: Voz da Bahia

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui