Irritada, bancada evangélica ameaça boicote à reforma da Previdência

0
199
-
Foto: Reprodução/Facebook/Jair Bolsonaro

A bancada evangélica, representante de segmento que teve forte influência na eleição de Jair Bolsonaro (PSL), ensaia um protesto público contra atos do presidente, informa a coluna Painel, da Folha.

Segundo o jornal, integrantes do grupo afirmam que o inquilino do Planalto vem se distanciando dos compromissos que firmou e de “valores que o elegeram”. O pano de fundo é a demissão de quadros ligados à frente religiosa sem prévia comunicação. Haverá reunião nesta quarta (13). Um boicote à tramitação da nova Previdência está na pauta.

De acordo com a publicação, a bancada evangélica atribui o afastamento de Bolsonaro aos militares. O grupo se irmana às críticas do escritor Olavo de Carvalho contra integrantes das Forças e diz que os fardados isolam o presidente de sua base social.

Uma ala da frente diz ainda que há intolerância religiosa entre os militares, mas a queixa não é endossada por todos. A reivindicação comum é por diálogo. A queda de Pablo Antônio Tatim de uma secretaria da Casa Civil, por exemplo, foi mal digerida. Ele foi indicado pelo grupo. (bahia.ba)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui