Maia ameaça Bolsonaro com ‘pauta-bomba’ caso fundo eleitoral seja vetado

Foto : J. Batista/Agência Câmara

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), sinalizou que o Legislativo pode armar uma pauta-bomba para o governo caso o presidente Jair Bolsonaro vete o fundo eleitoral. O veto foi indicado pelo presidente publicamente. O texto institui um fundão de R$ 2 bilhões, valor aprovado nessa semana pelo Congresso a pedido do próprio Executivo.

Maia citou a redução do preço do óleo diesel, o aumento do salário mínimo além da inflação e a anistia do Funrural como possíveis pautas-bombas que podem ser pautadas pela Câmara. “Foi ele que mandou a proposta de R$ 2 bilhões. E agora quer vetar?”, reclamou Rodrigo Maia nesta quinta-feira (19), em conversa com jornalistas.

Segundo o democrata, o Congresso tem um “arsenal” caso Bolsonaro vete os recursos para as campanhas eleitorais do próximo ano. “Não fizemos, nem queremos fazer isso. Mas se ele quer jogar pra sociedade, também podemos jogar. Esse jogo traz insegurança”, ressaltou o presidente da Câmara. 

(Metro1)