Ministério Público investiga envolvimento de Crivella em esquema de propina no Rio

0
69
-
Foto : Tomaz Silva/Agência Brasil

O Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) instaurou um inquérito para apurar a denúncia da criação de um balcão de negócios na prefeitura da capital fluminense para a liberação de verbas para empresas mediante pagamento de propina. A informação é do jornal O Globo.

A investigação foi iniciada após colaboração premiada do doleiro Sérgio Mizhay, preso no ano passado pela Operação Câmbio, Desligo. A delação aponta o empresário Rafael Alves, irmão de Marcelo Alves, presidente da Riotur, como operador do suposto esquema ilegal na cidade. O prefeito Marcelo Crivella (Republicanos) também é alvo da investigação.  

O procedimento estava paralisado desde julho, quando o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, suspendeu investigações que utilizaram dados do antigo Conselho de Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), atual Unidade de Inteligência Financeira. As apurações voltaram a ser permitidas no mês passado. 

(Metro1)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui