Petrópolis: livraria que perdeu 15 mil obras reabre neste sábado

Imagem: Reprodução

Rio de Janeiro – Quase três semanas após as fortes chuvas que devastaram bairros de Petrópolis, a Livraria Nobel, no centro da cidade, reabre as portas na manhã deste sábado (5/3). Um dos pontos comerciais mais afetados, com 15 mil exemplares perdidos, o endereço ainda lida com consequências da tragédia.

“Não tenho condições de receber ainda nenhuma doação, mas ficamos sabendo pelas redes sociais que algumas editoras estavam se mobilizando. Não sabemos o que será doado, nem a quantidade”, diz o dono do estabelecimento, Amauri Madeira, de 56 anos, ao Metrópoles.

De acordo com ele, alguns fornecedores já informaram que não vão cobrar pelos livros destruídos na enchente. “Agora tem que ver caso a caso, se vão doar parte dos livros ou se vão dar desconto no que tem a pagar”, explica.

Como forma de ajudar a restabelecer a loja, a Nobel deve fazer uma campanha chamada “Compre mais um”. A ideia é que o cliente que comprar um livro, escolha mais um e doe ou presenteie alguém. “É uma corrente do bem que vai ajudar a gente a se recuperar”, conta.

“Precisamos que o petropolitano compre na cidade agora. Os impostos são pagos na cidade, o aluguel é pago aqui, é um investimento na cidade. Sites de e-commerce já têm dinheiro demais. A gente deve apoiar o comércio local”, afirma Madeira. A loja funcionará de 10h às 19h nesta reabertura. (Metropoles)