Últimas Notícias sobre apuração

A pedido do Ministério Público, o Tribunal de Contas da União (TCU) abriu uma apuração sobre a proposta de emenda à Constituição (PEC) que cria ou amplia benefícios sociais. A matéria é chamada de”PEC Kamikaze”, por impactar na situação fiscal do governo federal. O relator do processo é o ministro Aroldo Cedraz.

Foto: Paula Froes/Govba

Presidente do Consórcio Nordeste na época da compra dos 300 respiradores que nunca chegaram, o governador Rui Costa (PT) disse que espera celeridade nas investigações sobre o caso. Nesta terça-feira (26), a Polícia Federal deflagrou a Operação Cianose e cumpre mandados na Bahia e em três estados.

Foto: Lay Amorim / Achei Sudoeste

A Primeira Promotoria de Brumado, no Sertão Produtivo, Sudoeste baiano, prorrogou por mais um ano um inquérito para apurar possíveis irregularidades na venda de carnes no abatedouro local. A medida é desta segunda-feira (30). Segundo o promotor Millen Castro, a prorrogação se deve ao fato de já passar de um ano da instauração do inquérito. Além disso, segundo o promotor, há diligências a serem cumpridas pela Adab [Agência de Defesa Agropecuária da Bahia] e pela Vigilância Sanitária de Brumado.

Antas / Foto: Reprodução / Google Maps

Dezessete municípios baianos passaram por auditoria na área da saúde. Segundo informou nesta segunda-feira (21) o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM-BA), a intenção é investigar gastos com a compra de medicamentos distribuídos para a população. Também serão analisados procedimentos como condições de armazenamento, validade, instalações físicas das farmácias e equipamentos indispensáveis à conservação dos remédios.

Foto : Marcos Oliveira/Agência Senado

A Justiça do Rio de Janeiro rejeitou a liminar da defesa do senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) para tentar suspender a investigação contra o ex-assessor dele Fabrício Queiroz.

Foto: © Alan Santos/PR

Uma vez por mês, o construtor Luiz Visani, 62, comparecia a uma sala reservada da empresa Argeplan, em São Paulo, para receber pagamentos em dinheiro vivo. Segundo contou à polícia, um funcionário da empresa, identificado como Silva, providenciava as quantias, com valores de até R$ 70 mil, a que tinha direito por uma reforma que executava no Alto de Pinheiros, na zona oeste da cidade.

Close