Últimas Notícias sobre argentinos

Foto: Lucas Figueiredo/ CBF

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou uma nota nesta segunda-feira (6) e reforçou que não atuou em nenhum para liberar Emiliano Martínez, Romero, Lo Celso e Buendia para o jogo entre Brasil e Argentina, pelas Eliminatórias da Copa. A partida acabou não acontecendo após intervenção da Anvisa.

Foto: EFE/Andre Coelho

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou a deportação dos quatro atletas argentinos que, segundo o órgão, descumpriram a regra de quarentena para entrar no país e enfrentar a seleção brasileira neste domingo, 5, pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo. A entrada dos jogadores Emiliano Martínez, Emiliano Buendía, Lo Celso e Cristian Romero foi considerada irregular pela agência reguladora, que já acionou a Polícia Federal (PF). A partida está marcada para às 16h, na Neo Química Arena, em São Paulo – até a publicação desta reportagem, o jogo está mantido. Martínez e Lo Celso, inclusive, estão entre os titulares, segundo a escalação oficial divulgada pela Associação de Futebol Argentino (AFA).

Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil

Quatro jogadores da seleção da Argentina fizeram declarações sanitárias falsas no formulário de entrada no Brasil. A informação foi divulgada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) neste domingo (5).

O gol de Di Maria que decidiu o título da Copa América para a Argentina. Maracanazo! Foto: Reprodução / Conmebol

Depois de 71 anos, outro Maracanazo. O Maracanã voltou a ser palco de festa de um grande rival, assim como foi em 1950, perdendo o título mundial para o Uruguai. Desta vez, o torneio tem muito menos importância.

Foto: Divulgação

Em comemoração aos 35 anos do “maior gol de todos os tempos”, marcado por Diego Maradona na Copa do Mundo de 1986, contra a Inglaterra, argentinos gritaram “gooool” às 16h09 desta terça-feira (22).

Foto: Reprodução/Governo Federal

Os governos do Brasil e da Argentina firmaram um acordo nesta sexta-feira (31) para proibir a entrada de 5 mil torcedores argentinos violentos durante a Copa América ou em quaisquer outros eventos esportivos.

Close