Últimas Notícias sobre Juros

O Ibovespa fechou em queda nesta terça-feira (30), com o mercado adotando uma postura cuidadosa às vésperas das decisões de política monetária no Brasil e nos Estados Unidos. Índice de referência do mercado acionário brasileiro, o Ibovespa caiu 0,86%, a 127.401,81 pontos, de acordo com dados preliminares, tendo oscilado entre a mínima de 127.104,69 pontos e a máxima de 128.492,38 pontos durante a sessão.

Os aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) pagarão menos nas futuras operações de crédito consignado. Por 14 votos a 1, o Conselho Nacional da Previdência Social (CNPS) aprovou nesta quinta-feira (18) o novo limite de juros de 1,76% ao mês para essas operações.

Foto: José Cruz/Agência Brasil

A partir desta sexta-feira (5), os contribuintes com dívidas com a Receita Federal poderão quitar seus débitos com desconto de 100% das multas e dos juros. Para aderir ao programa da autorregularização incentivada de tributos, o contribuinte precisa fazer um pedido por meio do portal do Centro Virtual de Atendimento da Receita Federal.

Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

As novas regras que limitam os juros do rotativo do cartão de crédito no Brasil começam a valer nesta quarta-feira (3). As mudanças foram estabelecidas no mês de dezembro, em decisão do Conselho Monetário Nacional (CMN).

© Shutterstock

Ataxa média de juros cobrada de pessoa física no crédito livre recuou 1,9 ponto percentual (p.p.) em outubro, chegando a 55,4% ao ano. No acumulado de 12 meses, o recuo está em 1,2 p.p. Segundo as estatísticas monetárias e de crédito, divulgadas nesta terça-feira (5) pelo Banco Central, o resultado se deve principalmente à queda das taxas médias cobradas nas operações de cartão de crédito rotativo, que diminuiu 9,5 p.p., e no cheque especial, que reduziu em 7,3 p.p. Já o crédito pessoal não consignado registrou redução de 1,7p.p.

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, afirma que possivelmente haverá novos cortes na taxa básica de juros nos próximos meses. “Nós estamos em um momento em que temos condições de fazer a economia crescer e temos muita gordura monetária ainda para queimar. Nós estamos com uma taxa básica de juros de ainda 12,25% ao ano”, afirmou Haddad, ao participar de evento promovido nesta segunda-feira (6) pelo banco BTG Pactual.

Foto: bearfotos/Freepik

O Fed (Federal Reserve), cumpriu com as expectativas e manteve a taxa de juros inalterada. A decisão unânime foi divulgada pelo Banco Central americano nesta que é considerada a ‘superquarta’ do mercado financeiro.

Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) decide nesta quarta-feira (1º) o tamanho do corte na taxa básica de juros, a Selic. Mesmo com a recente alta do dólar e com os juros altos nos Estados Unidos, o órgão deve reduzir a Selic, atualmente em 12,75% ao ano, para 12,25% ao ano. Esse será o terceiro corte desde agosto, quando a autoridade monetária interrompeu o ciclo de aperto monetário.

Foto: Marcello Casal Jr / Agência Brasil

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) define, na próxima quarta-feira, 1º, a taxa básica de juros, a Selic. Na sétima reunião de 2023, que começa amanhã, 31, a expectativa é que o órgão reduza a taxa dos atuais 12,75% ao ano para 12,25% ao ano, segundo o boletim Focus, pesquisa semanal do BC com analistas de mercado.

Foto: Divulgação

O INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) passou a divulgar a taxa de juros do empréstimo consignado a aposentados, pensionistas e beneficiários do BPC (Benefício de Prestação Continuada) no aplicativo ou site Meu INSS.

Close