Últimas Notícias sobre ministros

Foto: Divulgação

Com a aposentadoria do ministro Marco Aurélio, que deixará o Supremo Tribunal Federal no próximo dia 12 de julho, quando completa 75 anos, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) poderá indicar o segundo integrante da principal corte do país dentro de seu mandato.

Foto: Divulgação

Senadores independentes e de oposição, que forma maioria na CPI da Pandemia, decidiram transformar em investigados os ex-ministros da Saúde Eduardo Pazuello e das Relações Exteriores Ernesto Araújo, o ex-Secretario de Comunicação Fabio Wanjgarten e o ex-secretario-executivo do ministério da Saúde, Elcio Franco. Eles depuseram na qualidade de testemunhas à comissão.

Foto: Divulgação

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e membros do primeiro escalão do governo federal poderão ter até 69% de aumento no salário após edição de regra que autoriza uma parcela de servidores a receber mais do que o teto remuneratório constitucional.

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, durante sessão da CPI da Pandemia, no Senado.

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, disse hoje (10) não haver outro caminho, se não a ciência, para lidar com os problemas históricos que o Brasil tem nas áreas sanitárias e de saúde. A declaração foi feita durante seminário online destinado ao acompanhamento de projetos que têm apoio do governo federal, visando atender às necessidades das políticas públicas e do Sistema Único de Saúde (SUS). O seminário é fruto de parceria entre os ministérios da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) com o Ministério da Saúde. A abertura contou com a participação do ministro do MCTI, Marcos Pontes.

Foto: Divulgação

O cachorro do ministro Alexandre de Moraes acabou participando de uma sessão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) nesta quinta-feira (3). O TSE tem realizado a sessões por videoconferência durante a pandemia da Covid-19. Na sessão, foi possível ouvir alguns latidos do animal de estimação.

Alexandre de Moraes, ministro do STF (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), deverá se reunir com o corregedor eleitoral Luís Felipe Salomão para discutir o inquérito das fake news. Na próxima semana, o relator da investigação no STF deverá apresentar as evidências levantadas, que podem ou não ser usadas no procedimento instaurado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sobre irregularidades nas eleições presidenciais de 2018.

Foto: Hélia Scheppa/ SEI/ Fotos Públicas

Pelo menos cinco ministros que tiveram contatos presenciais recentes com o presidente Jair Bolsonaro fizeram os testes para detectar se estão ou não com a Covid-19. A informação é da CNN Brasil. O general Augusto Heleno, do Gabinete de Segurança Institucional, já teve a doença.

Foto : Marcos Corrêa/PR

No combate à pandemia do novo coronavírus, o presidente Jair Bolsonaro tem se mantido na contramão do que dizem especialistas e líderes mundiais, incluindo o aliado Donald Trump, e de um bloco de ministros que inclui Luiz Henrique Mandetta (Saúde) e Sergio Moro (Justiça). Já a grande maioria dos ministros que fazem parte do chamado “grupo ideológico” endossa as medidas do chefe do Executivo nacional. Segundo levantamento da Folha, seis ministros apoiam integralmente as ações de Bolsonaro.

Foto: Divulgação/TRE-BA

Diante da pandemia do novo coronavírus, ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) cogitam adiar as eleições municipais de outubro para dezembro deste ano. A decisão sobre a data das votações deve ser tomada entre fim de maio e início de junho, a depender da situação sanitária do país. As informações são do jornal O Globo.

Foto: © Rafael Carvalho/Ministério da Cidadania

O governo federal deve lançar, nas próximas semanas, uma campanha nacional de esclarecimento sobre o novo coronavírus (Covid-19), informou hoje (26) o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. Ele e outros oito ministros participaram de uma reunião, no Palácio do Planalto, para tratar das ações para o enfrentamento à síndrome respiratória, que teve um primeiro caso de infecção confirmado no Brasil. Foi também a primeira reunião interministerial comandada pelo novo ministro-chefe da Casa Civil, Braga Netto.

Close