Últimas Notícias sobre Paulo Guedes

© Marcello Casal Jr / Agência Brasil

Inicialmente, o auxílio emergencial 2021 seria só de quatro parcelas, contemplando os meses de abril a julho.

Foto: Marcello Casaj Jr

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou nesta quarta-feira (23), durante encontro com empresários da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), que o presidente da República Jair Bolsonaro deve anunciar, em breve, a prorrogação do auxílio emergencial por mais três meses. “O presidente deve anunciar, talvez ainda nesta semana, mais três meses de auxílio [emergencial]”, disse Guedes.

Foto: Divulgação

A sala virtual de transmissão do encontro Diálogos com a Indústria, realizado pela Coalizão Indústria, foi invadida por hackers em uma prática que é conhecida como “zoombombing” durante a participação do ministro da Economia, Paulo Guedes, nesta quinta-feira (27/5).

Foto : Marcos Corrêa/PR

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou nesta terça-feira (25/5) que uma eventual prorrogação do auxílio emergencial é cogitada caso a pandemia continue evoluindo no Brasil. Atualmente, a rodada de 2021 do benefício prevê pagar quatro parcelas que variam de R$ 150 (para quem mora sozinho) a R$ 375 (para mulheres chefes de família).

Foto: Marcelo Camargo

A semana começou mal para o ministro Paulo Guedes, com “remanejamento” na equipe e mais um episódio de verborragia, e pode acabar ainda pior. Os deputados do Rio votam na quinta-feira (29) um decreto legislativo para suspender o leilão da Cedae.

Foto: FDR

O ministro da Economia, Paulo Guedes, se mostrou otimista com o desempenho da econômico do Brasil. Em audiência virtual ao lado presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na tarde desta quinta-feira, Guedes justificou a euforia falando sobre a arrecadação de fevereiro. As informações são do jornal Folha de São Paulo.

Foto: Divulgação

Em março de 2019, uma reunião para debater uma suposta ameaça de retaliação do governo federal à Ford por causa do fechamento de uma fábrica em São Bernardo do Campo, em São Paulo, fez com que o ministro da Economia, Paulo Guedes, recebesse os senadores Otto Alencar (PSD-BA), Jaques Wagner (PT-BA), Omar Aziz (PSD-AM) e Fernando Bezerra Coelho (MDB- PE), além do vice-governador baiano, João Leão (PP).

Foto: Marcos Corrêa/PR

O ministro da Economia, Paulo Guedes interrompeu suas férias e esteve no Palácio do Planalto para uma reunião com o presidente Jair Bolsonaro nesta quarta-feira (6). O encontro não estava na agenda oficial.

Foto : Marcos Corrêa/PR

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou ontem (11) que o fim do auxílio emergencial ajudará no controle da inflação. Em audiência pública virtual no Congresso Nacional, o ministro também citou a aprovação do projeto de lei que concede autonomia ao Banco Central (BC) como fator que reduzirá as pressões sobre os índices de preços.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, fala à imprensa no Palácio do Planalto, sobre os 500 dias de governo

O ministro da Economia, Paulo Guedes, foi condenado a pagar R$ 50 mil ao Sindicato dos Policiais Federais da Bahia (Sindipol-BA), por chamar servidores públicos de “parasitas” que assaltavam o Brasil. A decisão é da juíza federal Cláudia da Costa Tourinho Scarpa, da 4ª Vara.

Close