Últimas Notícias sobre UNEB

Foto : Divulgação

Em assembleia realizada na tarde de hoje (20), os professores da Universidade do Estado da Bahia (Uneb) decidiram manter a adesão à greve das universidades estaduais, iniciada no dia 4 de abril.

Foto : Divulgação

A Procuradoria Geral do Estado (PGE) afirmou, através de nota, que o Governo da Bahia cumpre “rigorosamente o que determina a Justiça”, ao contrário do que vem sendo divulgado. Os docentes das universidades estaduais seguem com salários cortados, de acordo com o Sindicato dos Docentes da Universidade do Estado da Bahia (Aduneb). A paralisação teve início no dia 4 do mês passado.

Foto: Divulgação

A UNEB, através do Centro de Processos Seletivos (CPS), vai realizar o processo seletivo simplificado para contratação de professores da Educação Profissional, sob o regime especial de direito administrativo (REDA), da Secretaria da Educação do Estado da Bahia (SEC-BA).

Estão sendo disponibilizadas 295 vagas para contratação imediata neste certame (veja oportunidades por Núcleos Territoriais de Educação e eixos tecnológicos). Também haverá formação de cadastro reserva, conforme prevê o edital de seleção.

Foto : Ascom / Aduneb

O desembargador Jatahy Júnior, do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), concedeu hoje (6) medida liminar determinando que o governo do Estado pague, em um prazo de 72 horas, os salários dos professores das universidades estaduais referentes ao mês de abril e eventuais períodos subsequentes que tenham sido cortados em razão da greve.

Foto: Divulgação

As estudantes do curso de Direito da Uneb, em Valença (BA), Andrea Souza, Eucileine dos Santos, Érica Landim, Bruna de Oliveira e Bianca Silva investiram seu último ano na preparação para a Competição de Julgamento do Simulado Interamericano de Direitos Humanos.
O evento, que acontece entre os dias 19 e 24 de maio em Washington, capital dos Estados Unidos (EUA), é uma forma de treinar acadêmicos para encarar uma Corte e aproveitar para discutir direitos humanos.

Foto: A Tarde

Os professores da Universidade Estadual da Bahia (Uneb) e da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb) decidiram entrar em greve por tempo indeterminado, após se reunirem em assembleia geral, nesta quinta-feira, 4. Já a Universidade Estadual De Santa Cruz (Uesc) votou pela manutenção do estado de greve. A votação na Uneb aconteceu no teatro da instituição, no bairro do Cabula, em Salvador. Foram 141 votos a favor da paralisação imediata. A categoria ainda vai deliberar os próximos rumos da greve. A decisão começa a valer a partir da próxima segunda, 8. Na quarta, 3, os docentes, que estavam em estado de greve desde o último dia 28, ocuparam o prédio da reitoria da universidade como parte da agenda de mobilização.

Foto: Divulgação

Os alunos da Universidade do Estado da Bahia, do Departamento de Educação (DEDC), relataram ao Bnews, a precariedade do Campus 1 da universidade. Conforme denúncias, desde o início do semestre os alunos têm que assistir aulas no calor, já que os ar condicionados estão quebrados. Falta ainda papel, copos descartáveis e impressão de xerox, considerada essencial para muitos estudantes.

Foto: Reprodução / Google Street View

Os professores da Universidade do Estado da Bahia (Uneb) declararam estado de greve nesta quinta-feira (21), após assembleia da categoria, que também aprovou a paralisação das atividades acadêmicas em todos os campi da Uneb, nesta sexta-feira (22). A categoria vai participar de um protesto em Salvador, nesta sexta, a partir das 9h, na Rótula do Abacaxi. Nesta mesma hora e local está marcado o ato da Central Única dos Trabalhadores (CUT), intitulado como “Dia nacional de luta em defesa da Previdência”.

Votação que aprovou o Estado de Greve. Foto: ADUNEB

A categoria docente da Uneb, em assembleia na manhã desta quinta-feira (21), no Campus de Salvador, deliberou pelo Estado de Greve. A partir de agora as/os professoras/es ficam a um passo da deflagração da greve por tempo indeterminado. A assembleia também aprovou a paralisação das atividades acadêmicas em todos os campi da Uneb, nesta sexta-feira (22). Para esse dia, os docentes conclamam todo a comunidade acadêmica, dos 24 campi, a participar das manifestações nacionais contra o projeto de reforma da Previdência.

Close