Dilma Rousselff avalia que impeachment prejudicou economia e “destruiu políticas sociais”

0
109
-
Dilma Rousseff, durante uma coletiva de imprensa ontem em Brasília. EVARISTO SA AFP

Há três anos, o Senado Federal aprovava por 55 votos a 22 a abertura do processo de impeachment da então presidente Dilma Rousselff, afastando-a do cargo até que o processo fosse concluído. Naquela ocasião, o então vice-presidente Michel Temer assumiu interinamente o cargo de presidente.

A ex-presidente usou sua conta oficial no Twitter na tarde deste domingo (12) para rememorar rememorar estes fatos através de duas publicações. “A abertura da caixa de Pandora tirou os monstros do armário, jogou economia no buraco, destruiu políticas sociais e inviabilizou o que construímos desde o fim da ditadura”, avaliou.

Em 31 de agosto de 2016, Dilma perdeu a presidência em definitivo. Ela também citou a “ascensão da extrema direita” – em referência a eleição de Jair Bolsonaro no ano passado – e a prisão do ex-presidente Luíz Inácio Lula da Silva como consequências decorrentes do seu afastamento do comando do país. (Bocão News)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui