Últimas Notícias sobre EDUCAÇÃO

Foto : Antonio Cruz/ Agência Brasil

O ministro da Educação, Abraham Weitraub, vai anunciar hoje (2) que a alfabetização das crianças será avaliada por meio de amostra neste ano, de acordo com o Estadão. O teste havia sido cancelado completamente pela gestão do ex-ministro, Ricardo Vélez Rodríguez. No entanto, após a repercussão negativa, a gestão de Jair Bolsonaro voltou atrás. O cancelamento levou à demissão do então presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), órgão do MEC responsável pelas avaliações, Marcus Vinícius Rodrigues. O cargo ficou sem titular por cerca de 20 dias, até que o novo ministro nomeou o delegado da Polícia Federal Elmer Vicenzi para o posto. Até a última prova, no ano de 2016, os exames de leitura, escrita e matemática eram feitos para todas as crianças do 3º ano do ensino fundamental.

Foto: Elza Fiuza/ Agência Brasil

Instituições públicas de educação superior podem aderir a partir desta quinta-feira (2) à edição do segundo semestre de 2019 do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). O prazo para formalizar da adesão, que deve ser feita exclusivamente pela página eletrônica do Sisu Gestão se encerra às 23h59 do dia 10 de maio.

Foto: Uefs/ Divulgação

A Secretaria da Educação da Bahia prorrogou até o dia 10 de maio o prazo das inscrições para o Mais Futuro, programa estadual de assistência estudantil.
A iniciativa oferece auxílio financeiro para os estudantes das universidades Estaduais

Imagem: Divulgação

O Ministério da Educação (MEC) recuou da decisão de punir com bloqueio de recursos especificamente universidades que promovessem ‘bagunça’ em seus campus. Agora o mesmo contingenciamento planejado para elas será estendido a todas as universidades federais. Mas incidirá sobre a verba prevista para o segundo semestre.

Foto: Reprodução

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), sancionou a Lei 14.093, que altera o Estatuto do Magistério Público das Universidades do Estado da Bahia, conforme publicação no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira (1°). Junto com a sanção, o chefe do Executivo baiano nomeou a reitora da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), Adélia Pinheiro, para a Secretaria Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti).

Foto: Vagner Souza/ BNews

O senador Otto Alencar (PSD) reagiu com “perplexidade” ao anúncio do ministro da Educação, Abraham Weintraub, de que vai cortar em 30% o orçamento da Universidade Federal da Bahia (Ufba). Líder do PSD no Senado, o parlamentar prometeu reação política contra a decisão do governo do presidente Jair Bolsonaro. De acordo com ele, o partido vai obstruir votações de interesse do Executivo na Casa, como forma de mostrar que a gestão precisa “respeitar deputados, senadores e reitores”. Em entrevista ao BNews, o senador disse que, nem na Ditadura Militar, viu o orçamento de instituições de Ensino Superior cair na tesoura.

Foto: Divulgação

Um acordo firmado entre o Município de Catu e os Ministérios Públicos estadual e federal (MP-BA e MPF) destinará mais de R$ 81,5 milhões para melhorias na educação da cidade. O crédito é decorrente do cumprimento de decisão judicial favorável ao Município que reconheceu a dívida da União quanto ao repasse, feito a valor menor, de recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). O Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) é assinado pelo prefeito Geranilson Dantas Requião, a promotora de Justiça Márcia Andrade de Oliveira e o procurador da República Eduardo Villas-Bôas.

Imagem: Divulgação/UFRB

A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) informa que estão abertas as inscrições para o processo seletivo regular dos cursos de pós-graduação stricto sensu para ingresso no semestre 2019.2. Ao todo, são ofertadas 56 vagas para os cursos de mestrado e 11 vagas para os cursos de doutorado.

MEC bloqueia 30% do orçamento da Ufba

Foto: Reprodução/Internet

A Universidade Federal da Bahia (Ufba) teve um novo bloqueio de verba no final do mês de abril. De acordo com informações da coluna Painel, do jornal Folha de São Paulo, outras instituições do país também sofreram congelamentos de valores.

Foto: Reprodução/Nova Escola

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) voltou defendeu nesta segunda-feira (29) a mudança de Paulo Freire (1921-1997) como patrono da educação no Brasil.

Close