Feira: Justiça concede liminar para cooperativa fazer transporte alternativo

0
292
-Foto: Reprodução / Acorda Cidade
Foto: Reprodução / Acorda Cidade

Uma liminar da Justiça concedeu à Cooperativa de Transportes Alternativo de Passageiro do Alto do Peru, Fazenda Grande do Retiro, São Caetano, Pirajá e Castelo Branco (Cootafalg), com sede em Simões Filho, a permissão para atuar no transporte alternativo em Feira de Santana. Segundo apurou o Acorda Cidade, a empresa teria 190 vans explorando o sistema coletivo em Feira de Santana.

O presidente do sindicato dos rodoviários, Alberto Nery, disse ao site que estaria surpreso com a quantidade de veículos rodando, já que duas outras empresas já atuam no sistema alternativo mediante licitação. Segundo ele, a prefeitura não foi oficialmente comunicada. “Apenas um desses motoristas que trabalha com a van, chegou na secretaria e entregou, então ela não tem efeito de que o poder público foi comunicado sobre a decisão”, justificou.

“De repente chega umas vans, por uma decisão judicial, sem ouvir a representação trabalhista, sem ouvir o poder público municipal e sem ouvir as empresas, inclusive, o poder público municipal não foi citado por oficial de justiça sobre essa decisão”, frisou Nery.

Os trabalhadores rodoviários do sistema de transporte urbano chegaram a cogitar a paralisação, por acreditar que a situação estaria ameaçando o emprego dos profissionais, mas a pedido da Secretária Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT), que afirmou estar recorrendo da decisão. 

Conforme explicou o prefeito Colbert Martins ao site, a liminar foi concedida por um desembargador do Tribunal de Justiça, em Salvador. Na ação, a cooperativa justificou a solicitação por conta das “apreensões irregulares” de seus veículos, feitas pela administração municipal de Feira de Santana. (Bahia Notícias)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui