Michel Temer operou processo de impeachment de Dilma, afirma Maia

-
Foto: Marcelo Camargo/ Agência Brasil

O presidente da Câmara do Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), declarou neste sábado (5), duerante o Festival Piauí de Jornalismo, em São Paulo, que o ex-presidente Michel Temer (MDB) operou o processo de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT).

“Ela ia cair de qualquer jeito, mas operar o processo pensando em cargos futuros pode gerar um governo com dificuldade”, disse Maia. O assunto foi comentado pelo democrata após ser questionado se teria sido covarde por não ter seguindo com o processo de impeachment de Temer.

Maia disse ter sido o responsável por “não derrubar o Temer”. “Não seria razoável. Não tive medo, ao contrário. Continuo fazendo a mesma coisa, presidindo a Câmara e impondo os limites entre o Legislativo e o Executivo”, afirmou.

Para ele, “nove em cada 10 políticos comandariam o impeachment”, mas ele destacou que não seguiu em frente nesta empreitada porque “as ambições pessoais não podem estar acima do cargo”.

(Bahia.Ba)