OAB manifesta repúdio a dono da Havan por declaração ‘preconceituosa’ contra cadeirante

-
Foto: Reprodução / SBT

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) divulgou moção de repúdio contra o que chamou de “manifestação desrespeitosa, preconceituosa e discriminatória” protagonizada pelo empresário Luciano Hang. O posicionamento da OAB ocorre após o dono das lojas Havan ter feito um vídeo, que circulou nesta sexta-feira (20), reclamando das exigências legais de sinalização e garantia de acessibilidade, por conta da inauguração de mais uma de suas lojas no interior de Santa Catarina.

Segundo a OAB, Hang teria usado um modo pejorativo e contrário à legislação no vídeo. “Devemos considerar que qualquer ação que se volte contra as medidas de acessibilidade ou a fiscalização de sua implementação pelos Poderes Públicos acaba por naturalizar a opressão, a discriminação e o preconceito, e incentivar a violência e crime contra as pessoas com deficiência, que, no decorrer da história, lutam com grande dificuldade pela garantia dos seus direitos e sua inclusão social”, diz um trecho da nota.

A manifestação de repúdio foi feita de forma unânime pela Comissão Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência do Conselho Federal da OAB. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui