Últimas Notícias sobre Aécio Neves

Foto : Wilson Dias/Agência Brasil

A Procuradoria-Geral da República (PGR) denunciou hoje (30), o deputado federal Aécio Neves (PSDB-MG) pela prática dos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. O parlamentar é acusado de ter recebido 65 milhões de reais em propinas de duas grandes construtoras quando exercia o cargo de senador e governador de Minas Gerais.

Foto: Reprodução / Metrópoles / Rafaela Felicciano

Aécio Neves (PSDB) foi submetido, nesta terça-feira (31) a uma cirurgia de emergência. O deputado federal e ex-governador de Minas Gerais teve uma crise de apendicite em Florianópolis. A informação foi confirmada pelo site Metrópoles com a assessoria do tucano. O ex-candidato à Presidência da República está em férias no sul do país. A mulher … continue

Foto: Beto Barata/ Agência Senado

O inquérito que apura suspeitas de pagamentos indevidos da JBS ao deputado federal Aécio Neves (PSDB) será encaminhado à Justiça Eleitoral, determinou a 11ª Turma do Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF-3).

Foto: Sergio LIMA/AFP

Depois do diretório municipal do PSDB de São Paulo, na segunda-feira (19) foi a vez de o diretório tucano estadual formalizar nesta terça-feira, 20, um pedido de expulsão do deputado federal Aécio Neves (MG) do partido.

Foto: Beto Barata/ Agência Senado

O PSDB já admite a possibilidade de abrir um processo de expulsão contra o deputado federal Aécio Neves.

Foto: Beto Barata/ Agência Senado

A cúpula do PSDB discute a expulsão do deputado federal Aécio Neves caso o parlamentar não se antecipe e peça para se licenciar da legenda, o que seria uma medida menos “traumática”. Dirigentes tucanos gostariam de ver o ex-senador licenciado da sigla até agosto, de acordo com a jornalista Andréia Sadi.

Foto : Reuters

A Polícia Federal (PF) deflagrou hoje (5) a Operação Escobar, que visa combater um esquema de corrupção ativa, corrupção passiva, organização criminosa, obstrução de justiça e violação de sigilo funcional, em Minas Gerais.

Foto: Reprodução / G1

O juiz da 6ª Vara Federal Criminal de São Paulo, João Batista Gonçalves, determinou o bloqueio de até R$ 128 milhões do deputado federal Aécio Neves, no âmbito de investigações em torno de supostas propinas do Grupo J&F.

Close