Últimas Notícias sobre laranjas

Foto: Voz da Bahia

Na manhã desta segunda-feira (11), um caminhão modelo F400 pegou fogo na BR-101, na entrada do Tabocal, zona rural de Santo Antônio de Jesus.

Foto: Reprodução/ Blog Carlos Santos

A Polícia Federal (PF) decidiu utilizar um sistema de inteligência para detectar a existência de “candidaturas laranjas” nas eleições municipais deste ano.

Foto: Divulgação

O padre Robson de Oliveira Pereira, de Goiás, é investigado por suspeita de crime de lavagem de dinheiro, segundo o Ministério Público de Goiás. Uma entidade criada pelo religioso realizou transações imobiliárias suspeitas e o padre comandaria o esquema. As investigações indicam que o padre usava laranjas e empresas de fachada para esconder supostos desvios de doações de fiéis para construção da Basílica do Divino Pai Eterno, em Trindade. O dinheiro foi usado para comprar fazendas, apartamentos e até uma casa de praia em Guarajuba, na Bahia.

Foto : Agência Câmara Notícias

O PSL nacional, após duas semanas da revelação do escândalo das candidaturas laranja, usou parte da verba que recebeu dos cofres públicos para contratar uma advogada exclusivamente para o diretório de Minas Gerais, um dos focos do caso.

Foto: Carolina Antunes/PR

O presidente Jair Bolsonaro se reuniu na manhã desta segunda-feira (1º), no Palácio do Planalto, com o ministro da Justiça, Sergio Moro. O encontro, não incluído na agenda presidencial, foi registrado pelo Ministério da Justiça. Ele foi marcado para discutir a investigação da Polícia Federal sobre candidaturas de laranjas do PSL, caso revelado pela Folha … continue

Foto: Reprodução / Agência Brasil

O juiz Renan Chaves Machado, da 26ª Zona Eleitoral de Minas Gerais, negou nesta sexta-feira (28) pedido da defesa e manteve presos o assessor especial e dois ex-auxiliares do ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio.

A Polícia Federal em Minas Gerais afirma ter indícios concretos de que candidatas laranjas a deputada estadual e federal do PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro, mentiram na prestação de contas da campanha eleitoral de 2018.

Um ex-frentista e uma empregada domésticas foram usados como “donos” de um posto de combustíveis em Lafaiete Coutinho, no sudoeste baiano. A informação foi passada pelo delegado Jorge Vinícius da Polícia Federal. “O que a investigação nos levou a concluir, fartamente demonstrada nos inquéritos, é que essas pessoas não tinham a menor capacidade econômica de serem proprietários dos postos”, relatou o delegado à rádio 93 FM de Jequié.
Segundo ele, outra pessoa apontada como administradora do posto residia em São Paulo há alguns anos. A Operação Three Hills – nome em inglês do posto de combustíveis – apontou que o estabelecimento ganhava todas as licitações na compra de combustíveis durante o mandado do ex-prefeito e atual deputado estadual, Zé Cocá.

Close