Últimas Notícias sobre OMS

Foto: Rafaela Araújo | Ag. A TARDE

Entre 2017 e 2021, o Censo Escolar do Brasil registrou um aumento de 280% no número de estudantes com Transtorno do Espectro Autista (TEA) matriculados na rede pública e rede particular de ensino. Dados mais realistas sobre o número de pessoas com autismo no País serão divulgados pelo Censo de 2022 somente em 2024. No entanto, estimativas já destacam a necessidade de implementar políticas específicas e garantir o acesso gratuito à rede de saúde para esse público. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), estima-se que possam existir dois milhões de autistas no Brasil.

A Organização Mundial de Saúde emitiu um alerta para uma nova subvariante DO SARS-COV-2 cepa Ômicron, que foi denominada de EG.5 e considerada como “variante de interesse (VOI)”. Até o momento, mais de 50 países já apresentaram registros da nova subvariante

Reprodução/Pixbay

Novas infecções e mortes pelo vírus da imunodeficiência humana (HIV), causador da Aids, estão caindo, mas não “rápido o suficiente”, na avaliação do diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom.

Foto: reprodução

A Organização Mundial da Saúde (OMS) emitiu um alerta para o surto de dengue na região das Américas, com quase 3 milhões de casos suspeitos e confirmados desde o início do ano. Esse número já ultrapassou o total de casos notificados em 2022, que foi de 2,8 milhões. Os países mais afetados são Brasil, Peru e Bolívia.

Foto: Pexels

O aspartame, principal adoçante de refrigerantes dietéticos, foi adicionado à lista de substâncias “possivelmente cancerígenas” da Agência Internacional de Pesquisa sobre o Câncer (Iarc, na sigla em inglês), braço da OMS (Organização Mundial da Saúde). O anúncio foi publicado na noite desta quinta-feira (13).

Foto: AFP

Não se pode baixar a guarda em relação à covid-19, que provoca mil mortes por semana na Europa, advertiu o escritório europeu da Organização Mundial da Saúde (OMS) nesta terça-feira (27).

Utilizar adoçante no lugar do açúcar em bebidas e alimentos para tentar emagrecer ou evitar desenvolver diabete pode ser um engano. Segundo nova diretriz da Organização Mundial da Saúde (OMS), os adoçantes artificiais devem ser utilizados apenas por quem já tem diabete e em quantidades mínimas. Com base em uma série de estudos sobre adoçantes artificiais, a organização diz que não há indício de que a substituição do açúcar pelo adoçante colabore para o emagrecimento ou para evitar o desenvolvimento de diabete.

© Shutterstock

Após a alteração do status da covid-19 e da mpox (varíola dos macacos), a poliomielite figura atualmente como a única emergência em saúde pública de importância internacional mantida pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Foto: Divulgação / OMS

Quase uma semana após alterar o status da covid-19, a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou que a mpox (ou varíola dos macacos) não configura mais emergência em saúde pública de importância internacional. Em julho de 2022, a entidade decretou o status de emergência em razão do surto da doença em diversos países. Mais de 87 mil casos e 140 mortes foram reportadas em 111 países.

O Grupo Consultivo Estratégico de Peritos em Imunização (Sage, na sigla em inglês) da Organização Mundial da Saúde (OMS) atualizou nesta terça-feira (28) suas recomendações para vacinas contra a Covid-19, sugerindo que populações de alto risco devem receber uma dose adicional até 12 meses após o último reforço.

Close