Toffoli usa avião da FAB para ir a evento e estica viagem até resort

-O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Dias Toffoli - 26/04/2018 (Carlos Moura/SCO/STF/Divulgação)
O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Dias Toffoli - 26/04/2018 (Carlos Moura/SCO/STF/Divulgação)

O presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, utilizou uma aeronave da Força Aérea Brasileira (FAB) para ir a um evento em Ribeirão Claro (PR) na tarde da última sexta-feira (20) e emendou a estadia por todo o final de semana no Tayayá Aquaparque, resort de luxo da região, informa a Folha.

Uma diária comum no estabelecimento custa R$ 915. O presidente do Supremo só deixou o local na segunda-feira (23), também em voo da FAB.

Na sexta, o ministro participou da inauguração do Fórum Eleitoral de Ribeirão Claro, batizado com o nome do seu pai, Luiz Toffoli. O município tem pouco mais de 10 mil habitantes.

O decreto federal 4.244/2002, que disciplina o transporte aéreo de autoridades federais em aeronaves da Aeronáutica, permite o uso em quatro situações: viagens em serviço, por motivos de segurança, emergência médica ou para deslocamento para o local de residência permanente.

Conforme o texto, “o transporte de autoridades civis em desrespeito ao estabelecido neste decreto configura infração administrativa grave, ficando o responsável sujeito às penalidades administrativas, civis e penais aplicáveis à espécie”.

Em nota, a assessoria de imprensa do STF disse que Toffoli viajou ao Paraná para inaugurar o fórum a convite do presidente do Tribunal Regional Eleitoral do estado, Gilberto Ferreira.

“Conforme prevê o decreto 4.244/2002, trata-se de viagem a serviço e também que envolve questões de segurança do presidente do Supremo Tribunal Federal e do Conselho Nacional de Justiça”, afirma a nota.

(Bahia.Ba)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui