Vereador Cal sai da oposição e ingressa no grupo do prefeito Genival: “não fiz negociação por cargos, quero trabalhar pelo povo de SAJ”

Vereador Cal de Dodô deixa o grupo do ex-prefeito Rogério Andrade e vai para situação / Foto: Voz da Bahia

O vereador Carlos de Oliveira Ramos, conhecido Cal de Dodô (MDB) aderiu neste domingo (11) ao grupo do prefeito Genival Deolino (PSDB). E ao Voz da Bahia ele diz que fez uma escolha acertada.

MUDANÇA:

Segundo Cal, o final de semana houve uma conversa com ele e o prefeito, “já me havia convidado para participar da atual gestão, depois que ele chegou de Brasília sentamos e conversamos. Penso que fiz o certo, pois, estamos aqui para trabalhar pela população e pela melhoria da cidade. Meu perfil não é ficar apontando as coisas erradas sem poder fazer nada para ajudar, então, acredito que as propostas do prefeito são positivas e ele tem vontade de fazer o melhor pela cidade”, explica.

CRÍTICAS PARA GESTÃO:

Com relação às críticas que o vereador havia feito no mês de março contra a gestão, Dodô admite que foram construtivas para o governo, “critiquei e irei continuar criticando caso as coisas não aconteçam, mas são construtivas, jamais vim criticar com o intuito de ofender ou diminuir a pessoa do prefeito”, expôs.

PRESIDENTE DO SEU PARTIDO:

A respeitos das críticas relatadas pelo presidente do seu partido, MDB de Santo Antônio de Jesus, Geraldo Reis, o Geo; Cal esclarece que tal posicionamento de crítico a administração municipal do presidente é normal, “ele fala como morador, mas tenho o maior respeito a ele, fora a política tenho uma amizade com Geo”, relata.

CARGOS?

Dos cargos favorecidos pela gestão aos seus colegas vereadores que estavam no grupo do ex-prefeito Rogério Andrade (PSD) no início da administração e que vieram para o grupo de Genival para fazer a Câmara de Vereadores (relembre aqui); Cal afirma que no caso dele não obteve nenhuma ocupação e sua única pretensão é ter espaço dentro do governo, “não fiz negociação por cargos, quero ter espaço para trabalhar pelo povo da minha terra”, concluiu.

Reportagem: Voz da Bahia