Leão reforça desejo de candidatura ao governo e garante que assumirá o cargo: ‘Pode escrever’

Foto: Divulgação

O vice-governador João Leão mantém o desejo de disputar o governo da Bahia. Segundo o também secretário de planejamento do estado, ele irá assumir a cadeira do chefe do executivo baiano, com o governador Rui Costa (PT) saindo ou não. Leão esteve na reinauguração do setor de engenharia e arquitetura da União dos Municípios da Bahia (UPB), nesta segunda-feira (13). 

“Eu vou ser governador da Bahia, pode escrever. Se eu for candidato, se Rui sair, serei governador, se não sair também. Eu disse que há 8 anos. Agora digo novamente, vamos ganhar no primeiro turno. Seria o céu eu e Otto juntos, ai Wagner vem. Vem todo mundo”, revelou ao Bahia Notícias.

O vice-governador também destacou que não tem conversas com o ex-prefeito de Salvador, ACM Neto. “Não tem nem necessidade de ter conversa com ACM Neto, tenho um lado político. O grande problema de Neto é que o PT está se aproximando de 120 prefeituras, ele tem 20. Não tem, base”, comentou. 

No âmbito nacional, Leão pontuou que “ninguém quer uma terceira via”. “Está cedo ainda. No próximo ano vai acontecer isso ou aquilo. Dória não tem musculatura, nem Eduardo Leite. A coisa está polarizada. Vai caminhar muita coisa na frente ainda. Lula e Bolsonaro estarão aí. E não interessa a eles. O PP é independente. Temos todo interesse em manter a atual coligação”, disse.  (Bahia Noticias)