Neto afirma otimismo com eleição de Bruno Reis e fala sobre planos para o futuro

-
Foto: Divulgação

O prefeito de Salvador e presidente nacional do DEM, ACM Neto, evitou falar sobre a expectativa prévia em relação a reeleição dos seus colegas de partido David Alcolumbre, para a presidência do Senado, e Rodrigo Maia, que está envolvido em um embate interno pela possível sucessão como presidente da Câmara.

De acordo com Neto, qualquer esforço relativo a isso só ocorrerá após as eleições municipais deste ano. “A gente não está tratando sobre reeleições em Câmara e Senado. O Democratas está bem posicionado em várias cidades. O nosso foco é esse agora: concentrar esforços nas eleições municipais”, afirmou.

Neto comentou ainda sobre o favoritismo do seu candidato, Bruno Reis, para a disputa pela Prefeitura de Salvador. Cotado com 35% das intenções de voto no último levantamento A TARDE/Potencial Pesquisa, Bruno tem chances reais de levar a contenda ainda no primeiro turno mas Neto, ainda que otimista, prega cautela.

“Ninguém vai comemorar vitória antes da hora, apesar de haver toda essa expectativa positiva. Por isso, a campanha segue com humildade e muito trabalho, com os pés no chão, mesmo com as pesquisas apontando cenários favoráveis”, disse.

O prefeito falou ainda sobre os planos futuros após deixar o cargo na gestão da capital do estado. Especulado como candidato para o governo baiano em 2022, Neto ainda não trata de futuros pleitos e afirmou que pretende abrir um escritório e recuperar a fluência em Inglês.

“Tinha plano de passar um tempo fora do Brasil estudando, mas a pandemia mudou tudo. Quando deixar a prefeitura, dedicarei tempo a estudos com a tecnologia do ensino à distância. Vou continuar presidindo o Democratas, abrir escritório na sede do partido em Salvador e começar novos projetos, olhar para o futuro. Uma das coisas que estava disposto era reciclar meu inglês. Com falta de prática perdi fluência, mas quero recuperar”, disse. (A Tarde)