Últimas Notícias sobre registrar

Foto: Fabio Rodriguez-Pozzebom / Agência Brasil

Depois de muito tempo, sem sequer ouvir falar a Coronavírus, o município de Jequié, no Médio Rio de Contas, um dos epicentros de Covid-19 na ocasião da pandemia em todo o Estado volta a registrar casos da doença.

Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

Uma onda de calor tem se espalhado ao redor do território nacional, graças a uma massa de ar quente e seco que chegou ao país. A maior parte das regiões foram afetadas pela onda, com exceção do Sul, que tem previsão de receber uma nova frente fria.

A cidade de Macururé, no Norte baiano, não registra mortes violentas há 770 dias, segundo dados da Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP). Outros municípios da mesma região também contabilizam um longo período sem contabilizar homicídios: Pedro Alexandre (514), Abaré (413), Várzea do Poço (212), Umburanas (139), Chorrochó (121) e Mirangaba (109). Somados, os números totalizam 2.236 dias sem crimes deste tipo computados

Mais de três meses após Joaquim José Rodrigues ser morto aos 60 anos durante uma operação policial na cidade de Condeúba, no sudoeste da Bahia, familiares conseguiram registrar o boletim de ocorrência referente ao caso na Delegacia Territorial (DT) da cidade. A ação foi realizada após uma decisão judicial no último dia 20 de outubro.

A produção de trigo do Brasil pode registrar 10,42 milhões de toneladas no ciclo atual, um avanço de 34,5% em comparação com a temporada anterior e um novo recorde, segundo estimou nesta sexta-feira (15) a consultoria Safras & Mercado. As informações são da Reuters.

Foto: Divulgação/Prefeitura de Gentio do Ouro

Apenas três municípios da Bahia estão há mais de 15 dias sem registrar casos da Covid-19.

Foto: Muller Nunes/TV Oeste

Um homem suspeito de matar a companheira a facadas em 2003 foi preso por feminicídio, na cidade de Luis Eduardo Magalhães, oeste da Bahia, após tentar registrar um boletim de ocorrência por roubo de celular.

© Pixabay

Aos cinco meses de gravidez, Deise Batista saiu da consulta médica com 98% de certeza de que teria uma menina. A uma semana do parto, um novo exame indicou que era menino. O bebê tinha ambiguidade no canal urinário, que impossibilitava a clara distinção do sexo biológico, o que persistiu após o nascimento.

Close