Deputado denuncia calote de R$ 500 milhões de Bolsonaro à Bahia

-
Foto: Divulgação

O vice-líder do governo na Assembleia Legislativa (Alba), deputado Robinson Almeida (PT), acusou o governo federal de não repassar R$ 500 milhões referentes a obras e ao sistema de saúde da Bahia. O parlamentar usou a tribuna da Casa para denunciar o caso, atribuindo a responsabilidade ao presidente Jair Bolsonaro.

“A Bahia está sendo perseguida pelo governo Bolsonaro. Jair Bolsonaro mantém uma retaliação implacável contra nosso estado e dá um calote de R$ 500 milhões. Ele não paga o que deveria ser a parte do governo federal nas obras do metrô, concluídas e em funcionamento, na nossa capital”, começou Robinson.

De acordo com o petista, faltam ser repassadas verbas dos corredores de vias estruturas, já executadas pelo governo do estado para ligar a orla atlântica de Salvador ao Subúrbio Ferroviário. Hospitais baianos também não foram credenciados no Sistema Único de Saúde, como o Hospital da Chapada e o Hospital da Costa do Cacau.

Ainda segundo Robinson, os referidos hospitais, policlínicas e obras de infraesturutra estão em funcionamento exclusivamente por causa dos recursos próprios do governo do estado. (Bahia.Ba)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui