Últimas Notícias sobre Marielle Franco

Foto: Vagner Souza/Arquivo BNews

O governador do estado, Rui Costa (PT), justificou, por meio de um tweet neste sábado (15), uma operação policial que termina na morte do miliciano, Adriano da Nóbrega. “Se estes atiram contra pais e mães de família que representam a sociedade, os mesmos têm o direito de salvar suas próprias vidas”, escreveu no Twitter.

Policias e agentes do Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) vasculharam na manhã desta quarta-feira (12) o sistema de esgoto de um condomínio no Rio de Janeiro.

Foto : Divulgação/SSP

Equipes da Secretaria da Segurança Pública da Bahia localizaram, na manhã de hoje (9), o foragido da Justiça do Rio de Janeiro, Adriano Magalhães da Nóbrega, investigado por envolvimento na morte de Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes. O ex-policial militar carioca estava escondido na cidade de Esplanada, no interior da Bahia.

Marielle Franco, assassinada a tiros no Rio no dia 14 de maio, ao lado de Mônica Benício. Foto: Arquivo Pessoal

A viúva da vereadora assassinada, Marielle Franco, Mônica Tereza Benício, tem um novo amor. Noiva da cantora Marina Íris, Mônica tem esbanjado amor nas redes sociais. Neste final de semana, por exemplo, elas estavam em Salvador para comemorar o aniversário da arquiteta e compartilharam alguns momentos com os seguidores.

Foto: Reprodução / Facebook

O presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro João Otávio de Noronha, negou a liminar que solicitava a anulação da prisão preventiva de Josinaldo Lucas Freitas, professor de artes marciais denunciado por ter participado no caso Marielle.

Foto : Renan Olaz/CMRJ

A Polícia Civil do Rio de Janeiro voltou a convocar para depor, depois de mais de um ano, pessoas ligadas à vereadora Marielle Franco e ao vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ), filho do presidente Jair Bolsonaro. O objetivo dos investigadores é entender melhor como era a relação entre os dois parlamentares, que eram vizinhos de gabinete na Câmara do Rio e teriam se envolvido em uma discussão no corredor do prédio. A informação é do Estadão.

© Beto Barata/PR

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MP-RJ) interpelou nesta terça-feira, 12, o ex-ministro da Segurança Pública Raul Jungmann a prestar esclarecimentos sobre uma afirmação que, segundo o jornal O Globo, foi feita por ele a um amigo a respeito da investigação sobre a morte da vereadora Marielle Franco, ocorrida em 14 de março de 2018.

Tânia Rego // Agência Brasil

Mônica Benício, viúva da vereadora Marielle Franco (PSOL-RJ), pediu ao presidente Jair Bolsonaro que “não se meta” nas investigações sobre o crime. Além da vereadora, o motorista Anderson Gomes também foi morto em março de 2018, no Rio de Janeiro. “Não cabe ao presidente da República investigar absolutamente nada. A declaração que ele fez sobre ter tido acesso a áudios, a provas, faz com que isso tenha que ser olhado com muita seriedade”, falou Mônica à coluna de Guilherme Amado, da revista Época.

Gravação divulgada por Carlos Bolsonaro traz outro funcionário. Imagem: Reprodução/TV Globo

A Polícia Civil do Rio de Janeiro possui novidades nas investigações sobre a portaria do condomínio Vivendas da Barra, onde o presidente Jair Bolsonaro morava e onde Carlos, um de seus filhos, vive.

Foto : José Dias/PR

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) voltou a acusar o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), de ter manipulado o processo que apura o assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL) para incriminá-lo. Segundo a Folha, Bolsonaro deu a declaração hoje (2), na saída de uma concessionária em Brasília, onde comprou uma moto.

Close