Últimas Notícias sobre Oriente Médio

Foto: Reuters / Christopher Van Der Perre

O ataque do Irã a Israel representa uma mudança na situação do Oriente Médio e pode levar a uma escalada nos conflitos na região, de acordo com especialistas entrevistados pela Agência Brasil. O ataque evidenciou alianças e mostrou claramente um posicionamento iraniano.

© Gov BR/ FAB

A Força Aérea Brasileira (FAB) afirmou estar de prontidão para resgatar brasileiros que vivem em áreas de conflito no Oriente Médio. O órgão emitiu uma nota no início da tarde deste domingo (14), horas depois de o Irã atacar Israel com drones e mísseis.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou, nesta quarta-feira (25), que o que está acontecendo no Oriente Médio é um genocídio. “Não é uma guerra, é um genocídio que já matou quase 2 mil crianças que não têm nada a ver com essa guerra, são vítimas dessa guerra. E sinceramente, eu não sei como um ser humano é capaz de guerrear sabendo que o resultado dessa guerra é a morte de crianças inocentes”, disse.

De acordo com uma reportagem do Metrópoles, o Ibovespa fechou em queda de 0,74%, aos 113.155 pontos, nesta sexta-feira (20), o menor nível do desde 5 de junho. Esse foi o quarto pregão seguido de baixa do principal índice da Bolsa de Valores brasileira (B3). Na semana, ele acumulou perdas de 2,25%. No mês, o recuo chegou a 2,93%. No ano, contudo, anotou elevação de 3,31%. O índice tem sido fortemente afetado nas últimas semanas pela expectativa de manutenção dos juros em patamares elevados nos Estados Unidos e, mais recentemente, pela explosão do conflito entre Israel e o Hamas.

Foto: Joédson Alves/Agência Brasil

Em comunicado à imprensa nesta segunda-feira (16), o Ministério das Relações Exteriores confirmou que será realizado na próxima quarta (18) mais um voo de repatriação de brasileiros e animais domésticos que se encontram no momento em Israel. Segundo o Itamaraty, com o novo voo da Força Aérea Brasileira (FAB) que sairá de Tel Aviv, o governo alcançará a marca de 1100 brasileiros repatriados pela operação “Voltando em Paz”.

Foto: Reprodução

O professor André Lajst avalia que a ascensão do Talibã ao poder no Afeganistão irá impulsionar atentados terroristas ao redor do mundo, já que os extremistas agora terão a máquina estatal para financiar ações do tipo.

Foto: Reprodução

A pandemia de covid-19 vem ceifando vidas em todo o mundo, e com isso, histórias comoventes acabam ganhando destaque na imprensa. Um casal de missionários que viveu em matrimônio por quase 70 anos morreu em decorrência da doença com diferença de 15 minutos entre si.

Nos últimos dias, cresceu a tensão entre os Estados Unidos e o Irã / Foto: AFP

Um avião de reconhecimento não tripulado dos Estados Unidos foi derrubado por mísseis iranianos nessa semana. Em seguida, o presidente americano, Donald Trump, confirmou que ordenou – e depois abortou – um ataque de retaliação ao país do Oriente Médio, mudando de ideia 10 minutos antes do bombardeio. A sequência de eventos forneceu um vislumbre sobre a possibilidade de um conflito entre os dois países.

Manifestantes protestam em Bagdá cntra morte do chefe exército iraniano Qassem Soleimani e o líder de milícia iraquiano Abu Mahdi al-Muhandis. 4/1/2020. REUTERS/Thaier al-Sudani Foto: Reuters

Dezenas de milhares de pessoas marcharam em Bagdá neste sábado (4), em luto pelo chefe do exército iraniano Qassem Soleimani e o líder de milícia iraquiano Abu Mahdi al-Muhandis, mortos em um ataque aéreo dos EUA que aumentou o espectro de um conflito mais amplo do Oriente Médio.

O general iraniano Qasem Soleimani foi morto em ataque aéreo dos EUA em Bagdá Foto: Getty Images / BBC News Brasil

O assassinato do general Qasem Soleimani, comandante da Força Quds da Guarda Revolucionária iraniana, representa uma escalada dramática na tensão entre os EUA e o Irã — e as consequências podem ser significativas.

Close