Wagner rechaça ataque de Bolsonaro a Bachelet: ‘Desastre diplomático’

-Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O senador Jaques Wagner (PT) usou as redes sociais nesta quinta-feira (5) para criticar o que chamou de “desastre diplomático”, em referência à postura do presidente Jair Bolsonaro (PSL) —que esta semana voltou a atacar autoridades de nações estrangeiras, dentre elas o pai de Michelle Bachelet, alta comissária da ONU para direitos humanos. Alberto Bachelet foi torturado e morto pela ditadura militar de Augusto Pinochet.

“Durante os governos do @ptbrasil, nosso país viveu seu melhor momento no cenário internacional, sendo protagonista na mediação de conflitos entre povos, coordenando importantes ações humanitárias, de solidariedade e de promoção da #paz. Muito diferente do desastre diplomático que assistimos hoje, com declarações desrespeitosas a líderes internacionais e conflitos com parceiros históricos, afetando gravemente a nossa imagem diante do mundo”, escreveu o petista.

Na publicação, Wagner também compartilha uma fora em que segura uma criança durante uma visita ao Haiti em 2015, quando era ministro da Defesa do governo Dilma Rousseff. (Bahia.Ba)