Últimas Notícias sobre Senado

Foto: Reprodução/Instagram

O sobrinho do presidente Jair Bolsonaro, Leonardo Rodrigues de Jesus, o Léo Índio, foi exonerado nesta semana do cargo de assessor da liderança do Partido Liberal (PL) no Senado. A demissão ocorreu depois de a coluna de Juliana Dal Piva, do Uol, ter revelado, no último domingo, que ele não aparecia no local de trabalho desde a primeira semana de março. Léo Índio estava lotado nessa função desde dezembro de 2021. Na página da transparência do Senado, a situação dele consta como “desligado”.

O apresentador José Luiz Datena (PSC) desistiu de concorrer ao Senado nas eleições deste ano. O anúncio foi feito no programa Brasil Urgente, na Band, nesta quinta-feira (30).

Cursos Pronatec terão aulas via internet — Foto: Jhonata Marques / Manauscult

O Senado aprovou hoje (28) um projeto de lei que amplia a execução do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) a entidades públicas de assistência técnica e extensão rural. O projeto segue para sanção presidencial.

Relator do novo código eleitoral no Senado, Alexandre Silveira (PSD-MG) estuda rejeitar proposta aprovada na Câmara que estabelece censura à publicação de pesquisas eleitorais, além da exigência de uma taxa de acerto para os institutos.

O líder do governo no Senado, Carlos Portinho (PL-RJ), disse nesta quinta-feira (23) que a equipe econômica do governo avalia a possibilidade de não levar adiante a proposta de compensação integral aos estados e municípios que zerarem as alíquotas do Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre o diesel.

O requerimento de instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Ministério da Educação (MEC) obteve, nesta quinta-feira (23), o número mínimo de assinaturas necessárias para sua instalação. O último signatário do requerimento é o senador Giordano (MDB-SP).

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) autorizou, nesta terça-feira (22), que partidos que compõem uma coligação lancem mais de um candidato ao Senado.

Foto: Ascom/ Prefeitura de Alagoinhas

O Senado aprovou nesta terça-feira (21) uma medida provisória (MP) que liberou R$ 479,87 milhões para 150 municípios de 11 estados que sofreram com as chuvas desde o fim do ano passado. A MP havia sido editada pelo governo em fevereiro e agora segue para promulgação.

Foto: Reprodução/Alba

Cotada para disputar o Senado pelo Rio Grande do Sul, Manuela d’Ávila (PC do B-RS) afirmou que decidiu não concorrer nas eleições de outubro por conta de ameaças e da desunião da esquerda em seu estado.

O Senado aprovou nesta terça-feira (14), em dois turnos, a proposta de emenda à Constituição (PEC) que promove a competitividade dos biocombustíveis, como etanol, em relação aos concorrentes fósseis, como a gasolina. A matéria segue para análise da Câmara.

Close